sábado, 30 de maio de 2009

Infância.

Infância.

Da minha infância

Lembranças

Da chuva grossa no barro

Das formigas se afogando nas poças

Dos barquinhos de papel a singrarem o mar de lama

De chutar as poças d’água

Da roupa encharcada

Cabelos molhados

Colados ao corpo

Da felicidade de participar do espetáculo natural

Ser um com tudo aquilo

Sem pensar no momento seguinte

Viver o momento

Uma felicidade que não se espera

Está ali no agora


Um comentário:

KarolinaB disse...

Ola, estou passando pra avisar sobre a promo no Frases do Sol. Se vc já participou eu agradeço e espero que participe dos futuros sorteios tbm. Bye =))