quinta-feira, 14 de outubro de 2010

Tua Luz.


Senhor dê-nos a tua Luz.

Para que perscrutemos nossas sombras.

E reconheçamos nossas falhas.

Que tão bem escondemos de nós mesmos.

Senhor dê-nos a tua Luz.

Para que possamos encontrar nossos defeitos.

Abraçá-los e chamá-los de nossos.

E vê-los como parte de nós mesmos.

Senhor dê-nos a Tua Luz.

Para que com ela possamos encarar os nossos erros.

De frente sem máscaras e maquiagens.

Enfrentando-os sem dissimular.

Senhor dê-nos a tua Luz.

Para que possamos nos iluminar.

E mesmo cientes das nossas falhas.

Da escuridão que habita nossas almas.

Com Tua Luz alimentar a nossa.

E no correr das eras ser o que devemos ser.

Luz a iluminar, candeia na janela, farol e norte.

Para outros, que hoje como nós, vivem nas trevas e escuridão.

Um comentário:

PapoPoetico disse...

talvez você se divirta em http://papopoetico.blogspot.com/
A poesia é necessária
Tudo de bom