segunda-feira, 30 de abril de 2012

Deus



Em TI

Não há solidão.

Não há dor.

Não há temor.

Não há horror.

Não há...

Não há perdição.

Não há danação.

Não há infelicitação.

Não há...

Não há tristeza.

Não há vileza.

Não há baixeza.

Não há...

Nada que nos torne mais humanos.

Nada que nos torne mais divinos.

Nada além da consciência da Sua Divina Presença.

domingo, 29 de abril de 2012

Do outro lado do véu

Do outro lado do véu

Nem tudo é céu

Nem paz profunda

Existem também profundezas

De maldade e loucuras

Do outro lado do véu

Pode descortinar-se o imprevisível

Lugares de sonhos maviosos

Projeções de corações ansiosos

Luz indescritível.

Do outro lado do véu

Companheiros trabalham pesado

Auxiliando irmãos dementados

Pelo ódio acumulado no coração.

Do outro lado do véu

Existe riso puro e infantil

Como uivos, berros, infames e vis.

Do outro lado do véu

Nem tudo são flores

Há também horrores

Convivem amor e dores.

Do outro lado do véu

Somos o que realmente somos

Não há máscara ou maquiagem
Para alma.

E assim, seguimos para local da colheita.

Do bem e mal que plantamos.

sábado, 28 de abril de 2012

Éramos felizes.

Éramos felizes.

Com nossas longas pernas finas

A correr pelo bairro e campinas.

A pescar beta no canal da esquina.

Éramos felizes...

A andar na linha do trem sem cisma.

A jogar pedras em alvo nenhum.

A rir só da outra olhar.

Éramos felizes...

Com cabelos despenteados e cheios de nós.

Em que a escova escorria só em dia de festa.

Éramos felizes...

Ao ouvir estórias de terror no rádio.

Ao ter, então, nosso pesadelo diário.

Ao acorda chamado nossa mãe.

Éramos felizes...

Nessa pobreza que não era miséria.

Pois, havia o pão à mesa.

O mais simples dos cardápios caseiros.

Éramos felizes...

Em nossa infância sem perguntas, criticas ou revoltas.

Que nublassem de maus sentimentos nossas almas.

Que corriam livres nos ventos da imaginação.

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Reiki Nível I Usui Shiki Ryoho

Reiki Nível I
Usui Shiki Ryoho


Dias: 04 e 11 de agosto de 2012.

Contatos e inscrições:

Local: Talismã Loja Esotérica.
Rua Vidal de Negreiros, 33.
Frente a Praça Nova Eutepe.
Caruaru – Centro.
Fone: 3721-1969
mallikafittipaldi@hotmail.com
Cel. (81) 9621 2409
   
Horários:
 09h00min às 12h00min e 14h00min às 17h00min.

Investimento:

Uma parcela de R$ 300,00 (à vista)
Duas parcelas de R$ 160,00
Três parcelas de R$ 120,00


Facilitadora: Master Reiki Mallika Fittipaldi.


Historiadora UNICAP, pós-graduada em História do Brasil UNICAP.

Reiki Master: Usui Shiki Reiki Ryoho, Tibetano, The Way of the Heart, 

Gendai Reiki, Reiki Magnificado (Cura Quântica), Reiki Seichim, Teramai, Isis Seichim.

Magnified Healing (Cura Magnificada).

Reiki Karuna Nível I.

Healing International Níveis I e II.

Mãos sem Fronteiras Níveis I e II (Estimulação Neural).

Pranic Healing Nível I.

S. S. Sanjeevini.

Auto Massagem Chi.

Florais de Bach.

florais de Saint Germain

Aconselhamento Psicológico e Psicopedagógico ESAB.

Curso de Passe Magnético.

Aromaterapia Tradicional e Vibracional.




REIKI: O QUE É?

Reiki é a "Energia de Vida Universal".

Reiki não tem nenhuma vinculação com qualquer religião.

É uma prática de transmissão da Energia Universal.

Qualquer pessoa pode aprender a aplicar Reiki.

As Vantagens e Benefícios do Reiki.

A energia Reiki tua nos níveis físico, mental, emocional e espiritual, ativando o 
funcionamento das glândulas, dos órgãos, do sistema nervoso e imunológico, penetrando 
no corpo físico e nos corpos sutis, combatendo as causas das doenças no campo energético.

Ajuda a eliminar o "stress", desperta a habilidade do corpo de curar-se a si mesmo, 
carrega o físico de energia vital.

Reduz os efeitos colaterais dos remédios e de tratamentos, como quimioterapia ou 
radioterapias, age eficazmente em tratamentos de depressão, síndrome do pânico revitaliza 
e equilibra o corpo físico e os corpos sutis, no caso do dependente químico promove a 
desintoxicação completa do organismo e agindo sempre de dentro para fora do mesmo.

Alguns males combatidos pelo tratamento Reiki: depressão, ansiedade, estresse, vazio 
existencial, distúrbios mentais, enxaqueca, dores de cabeça, fibromialgia, dores de coluna, 
dores em geral,, alergias, transtorno de déficit de Atenção, hiperatividade, transtorno 
obsessivo compulsivo, distúrbios do sono, problemas sexuais, síndrome do pânico, câncer, 
doenças degenerativas, doenças pisco - espirituais e obsessões.





REIKI: Como funciona?



O ser humano não possui apenas 

corpo físico ele também é 

constituído por outros corpos de energias

refinadas. Paulo de Tarso nos falou do “Corpo Espiritual” 

referindo-se aos veículos de consciência, ou corpos sutis.

É nesses corpos que encontramos os chakras (vórtices de 


energias) que conjuntamente aos meridianos controlam 


todas as células do nosso corpo físico. Quando


 harmonizados chakras e meridianos geram saúde física e 


bem estar psicológico.

O Reiki “trabalha” a energia que vitaliza os nossos 


corpos, a energia KI, equilibrando-a, purificando-nos de 


energias deletéria, harmonizando os chakras dos corpos 


etérico, astral e mental.

Gerando um profundo relaxamento que incita o curador interno de cada     um de nós a funcionar com mais perfeição.

A administração da energia Reiki não interfere no 


tratamento da Medicina Alopática e não tem contra 


indicações.

Último dia para inscrição no Curso Reiki Nível I.


27 de julho de 2012.

Filhos.

Filhos.

Nossos filhos pedaços de nós mesmas.

Mas, únicos.

Filhos do ventre e seios.

Contudo, filhos dos mundos.

Ansiosos pela fome de vida.

Peregrinos como todos.

Que abandonam velhos caminhos.

E seguem estradas inusitadas.

Seus próprios atalhos e trilhas.

Suas escolhas.

Suas preferências.

Seus destinos.

Que os levam para outros reinos.

Outros mundos.

Donde não precisam de nossa presença.

Às vezes estorvo e peso morto.

Permitamo-lo irem.

Partirem.

Não são nossas crianças eternas.

Mas, espíritos, em romarias terrestres.

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Morrer.

Morrer é indispensável

É renovação no corpo.

Descanso de alma.

Da vida terrena tão suscetível às amarguras e agruras.

Morrer é repouso da carne.

E nova vida para o ser.

E o deixar-se pairar no infinito.

Errar entre outros seres amados

Que tinham sido esquecidos.

Velejar olhos em outros mares.

De beleza impar, singular.

E quando o tempo passa,

Morrer de novo

Para voltar.

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Beleza existe.

Beleza  existe.

No bocejar desdentado da criança e do ancião.

Nos braços estendidos para abraços dos filhos e dos avôs.

Na pele viçosa do adolescente e da enrugada do velho.

No balbuciar das primeiras palavras e no procurar pelas palavras dos dementados.

Na rebeldia do adolescente e na paz dos antigos.

Nas novas velhas idéias juvenis e na sabedoria da idade.

Nos sonhos de quem começa e na esperança dos que estão aptos a partir.

No grito de não dos que estão aprendendo e na aceitação serena dos enrugados.

Na certeza absoluta de quem começa e na relatividade de quem estar aqui há tanto tempo.

Na vida corrida, de quem quer ganhar a vida e na vida que ganhou a quem queria.

No sangue quente da juventude e no mormaço das veias finas dos idosos.

No pouco tempo dedicado a Deus pelos iniciantes

E na vida dedicada a Ele pelos que tiveram décadas para senti-lo.

terça-feira, 24 de abril de 2012

A vida não para.

A vida não para.

Como trem na curva

Apitando às antigas

Chocalhando suas ferragens

Seus passageiros.


A vida não para.

Como carro na descida

Na ladeira

Na banguela

Em ponto morto.


A vida não para.

Como avião

Sobre o algodão das nuvens

Buscando a terra

Sobrevoando o mar.


A vida não para.

Mesmo como tu e eu

Cansados do caminho

Pés em brasa

Coração sozinho.

A vida não para...

segunda-feira, 23 de abril de 2012

Sou frágil.

Sou frágil.

Senhor

Sou frágil.

Como uma flor dente-de-leão.

Que se esvai ao sopro.

Como manteiga

Que se derrete ao fogo.

Como nuvem desintegrada

Pelo bafejar do vento.

Como lágrima única

Que seca antes de terminar o correr da face.

Como um pequeno filhote de canguru

Na sua primeira aventura de vida.

Como uma foca em mar gelado

Frente a orca faminta.

Como amor iniciante

Quando não alimentado.

Põe-me em teu colo.

Alimenta minha alma.

Para que todas as minhas esperanças estejam em Ti.

Sejas minha coluna de sustentação.

Meu porto seguro.

Meu Pai, meu filho, meu esposo, meu amigo, meu irmão.

Meu desejo seja só Tua presença em meu coração.