Pequenos poemas d'alma

Pequenos poemas d'alma
Nas palavras tortas, cheias ou ocas o murmurio fascinante de minha alma.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2012

Onde encontro Deus?




Onde encontro Deus?

No mar.

No céu.

Na Terra.

No ar.


Onde encontro Deus?

Na flor que nasce.

No cão que ladra.

No pássaro que voa.

No garanhão que corre nos prados.


Onde encontro Deus?

Na chuva.

Na tempestade.

No tufão.

No furacão.


Onde encontro Deus?

Na nascente do rio.

Nas corredeiras.

Nos lagos.

Nas cachoeiras.


Onde encontro Deus?

Na criança que balbucia.

No jovem que gargalha.

No adulto que trabalha.

No velho que cochila.


Onde encontro Deus?

Na oração.

Na meditação.

Na reflexão.

Na concentração.


Onde encontro Deus?

No lugar mais inesperado.

Um canto inusitado.

Talvez, nem pensado.

No coração dos homens ensimesmados.

Nenhum comentário: