domingo, 24 de abril de 2011

Desencarne do Mestre Sai Baba.





Soube por telefone que o Amado Mestre Sai Baba tinha desencarnado. E do outro lado da linha a voz me dizia “você deve estar triste hoje”. Mas, não, eu não fiquei triste como costumo ficar quando alguém desencarna. O que senti foi um imenso vazio, uma grande saudade. Não houve desespero ou dor lacerante.



Sai Baba não morreu. Ele vive em cada um que ao menos o tenham amado um pouco sequer. Seus olhos, mãos, pés, cabelos, suas roupas ficarão na minha memória e Ele permanecerá no meu coração. Seu ensinamento bússola de minha vida.


Lembro que numa feira esotérica parei numa barraquinha para comprar um cd de Sai Baba cantando o Gayatri. Quando uma moça passou a falar mal de Sai Baba.


Olhei para a mesma, e disse: se alguém passasse aqui cercado de ladrões, prostitutas, maltrapilhos, gente sem eira nem beira. Um andarilho sujo e barbudo. Falando das coisas do céu. Você se uniria a eles?


Ela calou-se. Sabia que se tratava do Mestre Jesus.


Conhece-se a árvore pelo seu fruto. E os frutos de Sai Baba foram e serão frutos do Amor vivo, escolas, hospitais, universidades, curas e modificações espirituais em seus milhares de devotos.


Todas as vezes que aparecer nesse mundo uma Luz haverá sempre as tentativas das trevas de sufocar seu brilho.


Baba brilhará eternamente nos seus devotos e para todos àqueles que lhe ouvirem as palavras. Sai Baba é amor pleno e infinito.


Espero sua volta. Na forma de Sai Prema. Quem sabe estarei ainda no corpo quando ele retornar em Sua Plenitude.


Om Sai Ram!

2 comentários:

Maria Auxiliadora R. Araujo, SSA-BA. disse...

Sim, faço minhas as suas palavras. Não estou triste, mas muito saudosa do meu querido Swami Sai Baba, mas sei que, de onde Ele está, estará conosco, sempre, e quando reencarnar, nós saberemos. Om Sai Ram!!!!

conceição fittipaldi (Mallika) disse...

Om Sai Ram! Auxiliadora.