sexta-feira, 27 de junho de 2008

Terra de Verão.



A Terra de Verão está em festa.

Anões organizam as flores.

Fadas iluminam o ar com seu pós coloridos e brilhantes.

Mães d’água penteiam-se

Adornam-se e cantam.

Silfos sopram ventos calmos.

Unicórnios se postam a entrada dessa estranha Terra.

Que reúne todos os sonhos.

Gigantes fazem das montanhas assento.

Reis e mágicas rainhas esperam pacientes.

Duendes correm e sorriem.

Gnomos trabalham para receber o novo morador.

Bruxas e bruxos cantarolam encantos de amor.

Deuses se reúnem solene.

A Mãe espera seu filho.

Filho que a amou.

Filho que a honrou.

E ele chega sorrindo.

Ela o abraça.

E seguem unidos.

Para um descanso,

Um sonho,

Merecido.

(Que a Deusa te ilumine meu bruxo amigo, Eros Sóstenes, nessa nova vida).

2 comentários:

RosanAzul disse...

lINDO MALLIKA..
SAUDADES...
ABRAÇOS
RO

Poemas e encantos disse...

Oi, Ro.
Obrigada.

um bju.