segunda-feira, 2 de julho de 2007

Mãe idosa.



































Mãe idosa.

O tempo já lhe embranqueceu os cabelos.
A face tem os trilhos do tempo.
Os olhos não possuem mais o brilho juvenil.
As mãos tremulas não podem mais realizar os trabalhos leves do bordado.
Seus passos são lentos, a caminhada difícil.
A memória tantas vezes falha que já não é confiável.
Precisa de ajuda em quase tudo.

É o futuro daqueles que vivem por muitos anos.
Que passam pelo tempo por muito tempo.
Que vêem correr a história.
As mudanças da vida e muitas estações.

Contudo não estás só.
Do seu ventre foram gerados outras vidas.
Filhos do seu coração lhe foram entregues por mãos estranhas.
Os criou com o mesmo amor.
Forneceu-lhes o que podiam e o que realmente necessitavam.
Não negou a nenhum a chance da vida.

Hoje há mãos maduras que amparam as suas.
Que lhes dirigem os passos.
Que lhes socorrem nas fragilidades.
Olhos que a fitam com amor.
Sorrisos para suas histórias contadas cem vezes cem.
Amparo nas suas necessidades.

São os filhos do seu amor.
São os seres que por ela foram criados.
Com dificuldades e paciência.
Eles estão lá juntos talvez nos seus últimos dias.
E estarão na sua despedida.
E não a esquecerão mesmo depois da partida.
Enviando-lhes seu amor por pensamentos e preces.

3 comentários:

Anônimo disse...

A preocupação com os Idosos deve começar em casa,não basta achar o poema lindo,siga seus ensinamentos.Cuidar dos seus pais é uma das mais belas orações.Nunca se esqueça que a Oração é Ação.

anália disse...

Só da remedios e alimentar os Pais já idosos não basta,o importante é passar pra eles carinho segurança apoio e o mais importante nunca denmostrar impaciencia com o trabalho que estamos tendo com eles.Vamos lembrar deles novos cuidadando da gente com todo carinho sem medir esforços.

Maria Cristina Costa Marinho disse...

Pois tenho minha mãe tenho paciência e quero a cada dia ter muito mais.Pois ela precisa muito de mim quem um dia me acalentou hoje sou eu que acalento,pois meus braços sempre vão ampara-la até o dia de sua partida,pois a palavra com mãe e tão curta mas seu amor e muito imenso.